Exclusivo 'Kingdom Of The Mummies': Nova série nos leva para dentro das câmaras funerárias da pirâmide mais antiga

Exclusivo 'Kingdom Of The Mummies': Nova série nos leva para dentro das câmaras funerárias da pirâmide mais antiga

Na nova série de terça-feira Reino das múmias no National Geographic Channel, consultoria cfa tem a visualização exclusiva de imagens nunca antes vistas de um cemitério subterrâneo.



A nova série de quatro partes Kingdom Of The Mummies é produzido para a National Geographic pela BBC Studios.



Uma equipe acadêmica explora as câmaras subterrâneas e abre quatro sarcófagos lacrados de 2.600 anos para desvendar segredos esquecidos desde a época dos antigos faraós.

Reino das múmias mostra a primeira evidência de que a mumificação ocorreu no subsolo, e estamos acompanhando os cientistas que estão no limite dessa descoberta.



Saqqara, Egito à sombra da pirâmide mais antiga do mundo, nossos clipes exclusivos mostram egiptólogo renomado Dr. Ramadan Hussein e seu equipe de arqueólogos da nova série Reino das múmias que estão investigando um novo site inovador.

O que o Dr. Hussein encontra?

O importante arqueólogo Dr. Ramadan Hussein descreve em nossa prévia exclusiva a descoberta de uma vida - um cemitério totalmente intacto perto do Cairo, Egito.

Levando-nos para o interior das catacumbas da pirâmide, as câmaras mortuárias e as salas conectadas, o Dr. Huseein mostra uma câmara mortuária imperturbada. Ele diz: Esta é uma das múmias mais lindas que já vi em minha vida.



A filmagem nos leva para dentro de uma casa funerária de dois mil e quinhentos anos, onde antigos egípcios, ricos e pobres, foram mumificados e enterrados nas profundezas do solo.

Ele diz: O que torna o site tão especial é que nada parecido com ele jamais foi encontrado antes. Pessoalmente, nunca pensei que faria descobertas como essa. Estamos sempre coletando informações sobre os antigos egípcios, mas descobrir [um achado] dessa magnitude é absolutamente sem precedentes na arqueologia egípcia.

A antiga casa funerária egípcia era o único lugar para a vida após a morte

O National Geographic Channel irá transmitir imagens nunca antes vistas da primeira casa funerária totalmente intacta do Egito antigo.

Uma conjuntura colaborativa entre o Ministério do Turismo e Antiguidades do Egito, uma equipe de arqueólogos liderada pelo Dr. Ramadan Hussein da Universidade Eberhard Karls de Tübingen, na Alemanha, descobriu este complexo cemitério nunca antes visto. A área explorada remonta a 600 AC, nas profundezas da areia na necrópole de Saqqara, a cerca de uma hora de carro ao sul do Cairo.

Juntos, a equipe do Dr. Hussein irá decifrar pistas sobre os processos de sepultamento egípcio. Além disso, você verá áreas dedicadas à remoção de órgãos, embalsamamento e sepultamento, enquanto aprende como os antigos egípcios cuidavam da morte.

National Geographic Channel diz:

À sombra das pirâmides mais antigas do mundo, uma equipe de arqueólogos, liderada pelo Dr. Ramadan Hussein, fez a descoberta de uma vida - um complexo de cemitério totalmente intacto enterrado nas profundezas da areia. Repleto de tesouros e novidades mundiais, o site tem o potencial de reescrever o livro sobre mumificação, desvendando segredos esquecidos desde a era dos faraós. Agora a equipe deve abrir todos os sarcófagos, investigar todos os mistérios e decodificar todas as pistas desta descoberta nunca antes vista - a primeira casa funerária egípcia já encontrada.

Certifique-se de registrar isso se você estiver ensinando em casa crianças do ensino médio para uma lição perfeitamente construída em arqueologia e história antiga.

Kingdom of the Mummies vai ao ar terça-feira (início 12 de maio) às 10 / 9c no National Geographic Channel.